Império VorteX RPG

Império VorteX RPG

Seguidores

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Chrono Trigger 3D&T Alpha - Caverna RPG em Otaku no Matsuri

Classico dos classicos! Versão do Super Nintendo.

Robôs assasinos, homens dinossauros, sapos que usam espadas poderosas, uma charmosa e forte primitiva vestida de... gato! Se assustou? Esse é o que espera os jogadores nesse jogo. Viagens temporais, monstros estranhos. O objetivo: Derrotar o destruidor do mundo!
Esse é o clima de Chrono Trigger!

Contemple o destruidor do mundo!




Bom, sempre quis adaptar esse jogo para algum sistema. 3D&T se provou otimo para isso e minha materia para M&M está chegando...
Infelizmente, ao contrario da expectativa, não botei todas as trocentas Double e Triple techs do jogo e como as fichas não davam em conta essa opção. Deixei os jogadores improvisarem com qualquer sequencia de golpes que viessem a mente, o que foi algo bem engraçado ("Ja disse, Fire e Water não dá em nada! Ironicamente Fire e IceAntipode*... Quem sou eu pra contestar um classico..."). Acabei até deixando Magus fazer, apensar de que não devia...
*Ironicamente Antipode (antipoda O.o?) são pontos diametralmente opostos da terra pra mim não faz sentido... Talvez seja referencia a encontro de temperaturas opostas, ou choque termico...


Versão Playstation. A mesma coisa, mas as animações realmente fazem a diferença.



As fichas abaixo não exatamente as que usei no evento, mas sim revisão da revisão do que achei que estava errado nos personagens (incluindo regras de ataques combinados). Não esperem fidelidade completa ao jogo (eles trocam de armas o tempo todo!), usei apenas os itens mágicos mais característicos de cada personagem.
A missão:


Bom, para quem jogou o jogo deve se lembrar que a adição de Magus ao grupo se dá depois da derrota de Dalton, um dos vilões mais cômicos e inúteis do jogo (tadinho...) e a chegada do Black Omen, onde teve base minha aventura.
Os jogadores tinham que deter Zeal no Black Omen. Ela planejava tentar controlar Lavos novamente e usaria varias pessoas como escravas para isso (O que não exatamente ocorre no jogo, mas é claro que mudei uma coisa ou outra...). Os jogadores tinham que entrar na fortaleza e detê-la! Para isso, os jogadores enfrentaram vários monstros tecno-mágicos e alguns prisioneiros mágicos capturados.



Figura de Zeal, a vilã da mesa.



Claro que abusei de monstros estranhos que não podiam ser derrotados pelos meios convencionais (bem interessante essa particularidade do jogo), e coisas do gênero, o que dificultava bastante para os jogadores.
 Os personagens:

 
Algumas Explicações em termos de sistema:

Clericato e Paladino não é requisito para magias de cura:
Magias de cura são extremamente comuns no cenario! Qualquer um com magia branca provavelmente pode curar ou ressucitar alguem. Paladino permite acesso a algumas magias de cura a mais.

Ataques Combinados:
Ataques estilo X-strike, Dual Techs fisicas são feitos combinando ataques especiais. Um dos combatentes é considerado o principal e outro o auxiliar. O auxiliar apenas dará um bônus de dano ao principal igual á seu bonus de ataque especial (minimo +1 com Ataque Especial 0) gastando o valor normal. Apenas o principal joga o dado de ataque e pode usar seus proprios ataques especiais para melhorar o dano. Até 3 pessoas podem se unir numa tecnica dessas. Lembrando que esse ataque deve ser feito junto, na iniciativa do que teve pior resultado de iniciativa. Se ficar muito apelativo, o mestre pode pedir um teste de H para o auxiliar para determinar o sucesso da tecnica. Em caso de falha, o principal não receberá nenhum auxilio.

Magias Combinadas:
Ja estão esplicadas com simplicidade na ficha. Tambem lembrando que esse ataque deve ser feito junto, na iniciativa do que teve pior resultado de iniciativa.

Magias Novas:

Heal, Cure II e Heal Beam:
Magias de cura em área seguem uma regra simples e especial que criei. Apenas pegue a magia de cura base (Cura Magica, ou Cura Magica Aprimorada) e aumente seu custo em +2 por dado de cura.


Haste:
Gastando 3PM's por rodada. O Personagem afetado por Haste recebe Aceleração, Ataque Multiplo e Tiro Multiplo. Caso ja tenha algum deles, o custo para usar a vantagem se reduz a metade.

8 comentários:

  1. Não gostei da regra de ataque combinado. Não tem nenhuma vantagem em relação ao Ataque Especial normal. Por exemplo dois personagens lutando contra um orc de H e A 2, decidem fazer um ataque combinado, o primeiro com F2 e H2 usa o ataque especial com +1 de dano assim temos uma FdA de 2(f)+2(h)+1(AE)+1d6 totalizando um dano de 1d6+5.

    supomos que seu aliado tivesse F1 e H1, ao aplicar o ataque somado daria apenas +3 de dano, mas se ele atacasse normalmente seu dano seria de 1d6+3.

    sinceramente teria quer algum bonus por atacar em conjunto.

    ResponderExcluir
  2. Hum... Ainda estou tentando chegar num bom termo. Uma alternativa razoavel talvez seria que nem na magia combinada, +1d6 de dano.

    ResponderExcluir
  3. Mas é claro que o auxiliar deveria ser aquele que causa menos dano, se não dificil valer a pena. O mais logico é que combinasse o ataque especial dos dois e ficasse com FA final de 2(F)+2(H)+1(AE0-1)+1(AE0-2)+1d6 = 1d6+6

    ResponderExcluir
  4. Achei bem legal a adaptação embora nunca tenha jogado. Só uma coisa que eu achei um pouco apelão e meus jogadores também achariam se eu mostrasse a ficha a eles, a maldição e Frog é mais uma vantagem do que qualquer outra coisa, ele ganha bônus na Habilidade, Membros Elásticos e só usar Magia Elemental da Água é uma restrição muito pequena. Só um pitaco. :D

    Agora ta de parabéns seu blog.

    ResponderExcluir
  5. E monstruoso. Algo que foi considerado de custo 0 devido a maldição mas não foi explicitado.
    Apesar de ter sido transformado e ser repulsivo e até confundido com monstros algumas vezes, a maior parte das habilidades de Frog tira vantagem de sua condição batraquia (assim que se escreve?). E quem ja foi mestre e teve a oportunidade de ver seus jogadores extremamente interessados em virar vampiros, lobisomens e outros monstros vai entender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É batráquia mesmo que se escreve. Realmente, eu já mestrei para um grupo que curtia muito jogar com vampiros e outros monstros, ai geralmente a sessão de dungeon crawler que eu tinha planejado virava uma espécie de Mundo das Trevas da White Wolf em versão manga. Pelo menos eles se divertiam e no final das contas como mestre é isso ai que importa.

      Excluir
  6. Detalhe que corrigirei. A desvantagem Magia da Agua deveria custar 0 pontos a Frog

    ResponderExcluir
  7. Mas realmente revendo a Maldição deveria custar 0 mesmo. Então ta na mesma

    ResponderExcluir